You made 'em laugh, you made 'em cry You made us feel like we could fly.

You made 'em laugh, you made 'em cry
You made us feel like we could fly.

Às vezes, o facto de conseguir prever exatamente certas situações assusta-me. É significado de que algo se tornou banal demais, e eu odei...

Às vezes, o facto de conseguir prever exatamente certas situações assusta-me. É significado de que algo se tornou banal demais, e eu odeio isso.

  Pessoa: Tenho uma surpresa para ti! Eu: O que é? Pessoa: É surpresa, não posso dizer! Eu: Mas diz, eu quero saber! Pessoa: Q...

 
Pessoa: Tenho uma surpresa para ti!
Eu: O que é?
Pessoa: É surpresa, não posso dizer!
Eu: Mas diz, eu quero saber!
Pessoa: Queres que diga?
Eu: Não!

Não suporto que me digam para não ir a determinado evento só porque não gostam e, por isso, não querem que eu vá. Mas e quem vive a minha...

Não suporto que me digam para não ir a determinado evento só porque não gostam e, por isso, não querem que eu vá. Mas e quem vive a minha vida? Já não sou eu e ninguém me avisou?!
Andei eu aqui enganada estes anos todos, a pensar que o que importa é eu gostar, e ninguém me disse nada…

… que, mesmo sem querer, tenho andado muito distante de ti, de nós. Mas acredita em mim, isto não está a ser fácil. E a razão? Amar-te ta...

… que, mesmo sem querer, tenho andado muito distante de ti, de nós. Mas acredita em mim, isto não está a ser fácil. E a razão? Amar-te tanto.

Tento sempre ter imenso cuidado com o que digo porque sei bem que há coisas que magoam, há coisas que depois de ditas não podem ser retir...

Tento sempre ter imenso cuidado com o que digo porque sei bem que há coisas que magoam, há coisas que depois de ditas não podem ser retiradas. Penso muito antes de dizer seja o que for, mas há aquelas vezes em que digo o que tiver a dizer, sem filtros, mesmo sabendo que vou magoar… mas são coisas que, para mim, têm de ser ditas. E sou confrontada imensas vezes com um “como foste capaz de dizer isso?”.
Bem, não tenho medo. O que tem de ser dito tem de ser dito. Não tenho um cubo de gelo no lugar do coração, mas não sou sempre a menina simpática que todos pensam que sou.
No entanto, o problema não sou eu… o problema é quem está habituado a que lhes digam apenas o que querem e gostam de ouvir. E eu não sigo esse critério, é impensável para mim fazer tal coisa. Peço desculpa, mas a honestidade é algo que me persegue – e eu agarro-a muito, para nunca me deixar.

Na quinta-feira passada tive o meu terceiro jantar de curso, mas o primeiro no novo curso, e posso dizer que de todos foi o melhor, o que...

Na quinta-feira passada tive o meu terceiro jantar de curso, mas o primeiro no novo curso, e posso dizer que de todos foi o melhor, o que gostei mais e o mais emocionante. Sinto que as pessoas são muito mais unidas, não há grupinhos – coisa a que já me tinha habituado no ano passado. Conheci pessoas do curso com quem nunca tinha falado, desde caloiros a veteranos, consolei aqueles mais emocionados porque “está a chegar ao fim e eu não quero ir embora”, houve muitos abraços porque, apesar de ainda haver uns meses pela frente, são pessoas com quem já criamos laços e a verdade é que para eles está mesmo a acabar, e temos de aproveitar todos os momentos. Limpei muitas lágrimas, tomei conta de mais bêbados do que nos dois jantares do ano passado juntos – o que é um feito – e não me importei nem um bocadinho.
Diverti-me, diverti-me imenso. Gritei pelo meu curso, mesmo que parecêssemos os mais tolinhos dali porque mais ninguém o fazia – os mais alegres começavam e o resto das pessoas pensavam “porque não?”. Gritamos pelo curso, gritamos pela academia, sentimos orgulho em ambos, com todas as razões e mais algumas.

E até eu, que muitas vezes pareço de pedra, me emocionei quando me pediram como pseudo madrinha. “Sou segundanista e não estava nada à espera”, desculpei-me quando fiquei com as lágrimas nos olhos.

  Nunca vou perceber aqueles fumadores que, quando lhes dizem que fumar faz mal, se saem com uma resposta em como “ há muita gente que n...

 

Nunca vou perceber aqueles fumadores que, quando lhes dizem que fumar faz mal, se saem com uma resposta em como “há muita gente que nunca fumou e que morreu com cancro do pulmão”.

… tenho andado muito desaparecida e o blog tem ficado um bocadiiinho abandonado. Não prometo que isto vá melhorar, visto que ando bastant...

… tenho andado muito desaparecida e o blog tem ficado um bocadiiinho abandonado. Não prometo que isto vá melhorar, visto que ando bastante ocupada com isto tudo da faculdade. E quando não estou ocupada, estou cansada e então não tenho feito publicações. Mas vou tentar andar mais por aqui!